Descubra aqui 5 dicas de como economizar na reforma do imóvel de locação

3 minutos para ler

Um dos desafios dos investidores imobiliários é controlar o valor do investimento necessário para obter uma boa margem de lucro. Para alcançar essa meta, é necessário ficar atento à necessidade de fazer uma reforma no imóvel. Como economizar na reforma é um assunto que gera muitas dúvidas, resolvemos dar algumas dicas neste artigo.

É claro que o capital necessário para concluir as obras vai variar de acordo com o estado do imóvel e do objetivo do proprietário. Todavia, existem alguns itens que devem ser acompanhados nessa fase, para garantir que o resultado seja satisfatório.

Então, acompanhe este post para evitar alguns erros comuns de quem está comprando imóveis para alugar. Vamos lá?

1. Respeite o cronograma

Para o desespero dos proprietários, o atraso nas obras é algo comum. Seja devido ao clima, a falta de material ou a problemas com os profissionais, é importante estar preparado para lidar com esse entrave.

No entanto, isso não significa que um cronograma não precise ser criado — e que as pessoas envolvidas no projeto não precisem tê-lo como guia.

Como economizar na reforma exige planejamento, comece organizando o seu tempo, pois quanto mais a obra demorar para ser finalizada, mais cara ela ficará.

2. Priorize a manutenção

Lembre-se de que o objetivo com o imóvel é atrair locadores. Por isso, é fundamental que ele seja confortável, respeitando todos os critérios de segurança, como boas instalações elétricas e hidráulicas.

Dessa maneira, o dono do imóvel tende a economizar, já que a reforma será menor, mais objetiva e mais rápida.

3. Escolha uma decoração neutra

A decoração de um imóvel deve mostrar ao inquilino as qualidades da propriedade, como uma boa localização, ambientes amplos, aconchegantes etc. Muitos proprietários acabam se empolgando, criando projetos personalizados que, além de serem mais caros, podem afastar os clientes.

Isso acontece porque, ainda que estejam locando, as pessoas querem ter a sensação de que aquele imóvel será o lar delas — e não que ele é a casa de uma outra pessoa.

4. Pesquise fornecedores

Talvez você não saiba, mas as grandes empresas têm um setor denominado “setor de compras”. Cabe a esses profissionais buscarem os melhores fornecedores, considerando o custo, a qualidade e os prazos que o negócio necessita.

Como economizar na reforma é uma ação que tem como finalidade o lucro, é importante pegar esse conceito emprestado, adaptando-o ao mercado imobiliário. Por isso, não tenha preguiça de pesquisar pelas melhores parcerias empresariais que a sua cidade oferece. Se você vai reformar pela primeira vez, faça uma agenda com os contatos dos profissionais que prestaram um bom serviço.

5. Se possível, reutilize materiais

Tomadas, chuveiros, portas, janelas, torneiras e outros objetos podem ser reutilizados. Isso representará uma boa economia para o proprietário. Lembre-se apenas de que eles precisam estar em bom estado, para evitar uma nova substituição em pouco tempo.

Além disso, evite reutilizar fiação ou outros itens que tenham como finalidade a segurança do imóvel. Não coloque o seu investimento em risco por causa do desejo de gastar menos.

Agora que você entendeu como economizar na reforma do imóvel que será locado, comece a planejar a obra. Em breve, você assinará o contrato de locação e recuperará o seu investimento.

Tem alguma outra dica para economizar na reforma? Divida com a gente no campo de comentários.

contato whatsPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Open chat