Como limpar paredes pintadas e conservá-las corretamente?

9 minutos para ler

A decoração do seu lar passa por uma série de aplicações, a começar pela cor do ambiente até os espaços que ali estão sendo posicionados. E claro, a própria concepção desse imóvel, como suas paredes, coluna, teto, chão, tudo a manter a estrutura e estilo do lugar.

E essas são questões a serem observadas por todo tipo de profissional que presta serviços para a construção ou conservação de um imóvel, como arquitetos, pedreiros, decoradores e designers de interiores, todos tendo uma importância nesse processo.

A partir de um trabalho em conjunto ou em etapas, para que seja possível se certificar não apenas sobre a qualidade e segurança dessa estrutura, mas também da criação de um ambiente confortável para quem irá residir nesse espaço diariamente.

Até porque um lar se faz além dos tijolos e o cimento aplicado, sendo preciso justamente garantir a aplicação de algum diferencial, que possa trazer uma identificação do morador com essa casa, nem que seja a cor de tinta esmalte acrilico escolhida para suas paredes.

Algo que pode ser diferente de um quarto para outro, como cores mais neutras para a sala de estar, tons mais chamativos para o quarto das crianças, para combinar com o espírito imperativo dessa idade e cores mais sóbrias para a cozinha, em busca de um tom premium.

Toda essa diferenciação é possível de ser conquistada a partir da escolha da tinta que será usada em suas paredes, passando tanto pela cor como para o estilo dela, com tonalidades mais foscas, cintilantes, entre outras variações possíveis da mesma cor.

Sendo o mesmo tipo de especificidade a ser alcançada com a aplicação de tinta epoxi no chão do estacionamento do seu condomínio. Um material a garantir uma maior mobilidade nesse espaço, a partir do emprego de um elemento de menor fricção junto ao piso.

Logo, assim como é importante estar de olho no estilo e no tipo de material a ser aplicado nas paredes da sua casa, é importante também garantir que essa pintura consiga resistir ao teste do tempo, existindo dessa forma diversos motivos para pintar sua residência.

3 motivos para pintar sua casa

Trabalhar com a pintura do seu imóvel é uma ação responsável por garantir que a sua identidade passe a estar presente nessa estrutura, existindo diversos estudos que analisam o impacto que essas tonalidades podem trazer junto ao comportamento dos indivíduos.

Sendo esse o motivo por vermos o branco como cor predominante em hospitais, por simbolizar um ambiente calmo e limpo, exatamente o que se procura em um espaço de saúde. Assim como tons mais escuros ajudam a esconder possíveis sujeiras.

O que faz com que os assentos de transporte público sempre tragam cores como preto ou azul, de forma a não destacar o estado real desses espaços. O mesmo tipo de relação faz com que uma limpeza de fachada deva ser feita com frequência em ambientes claros.

A mesma coisa vale para a decoração da sua casa, passando principalmente pela pintura das suas paredes, de forma a acompanhar os propósitos da pessoa por trás desse imóvel, como na criação de um estabelecimento comercial ou como sua nova residência.

E é a partir dessas situações em que se torna possível citar os três principais motivos por trás da decisão de pintar suas paredes, acompanhando as próprias etapas de edificação de um projeto, a começar pela:

1 – Construção do imóvel

Levantar um prédio ou uma casa exige o acompanhamento de uma série de normas de segurança, de forma a garantir a proteção de quem trabalha nesse tipo de obra, e posteriormente a quem irá morar ou frequentar essa construção.

Além do teor estrutural, é importante ter atenção ao estilo de decoração a ser adotado nesse local, sendo importante por dar vida ao ambiente, acompanhando os interesses do responsável por essa obra. Seja para o comércio ou para a venda.

Fazendo com que a tinta parede externa escolhida seja importante para criar um ambiente convidativo. Não apenas para conviver nessa vizinhança, mas também para garantir a venda do imóvel, caso essa seja sua intenção.

2 – Venda do imóvel

Diversos são os motivos que podem fazer alguém decidir vender sua casa, como estar em um processo de mudança para outra cidade, em busca de um imóvel maior, para a família que acaba de crescer ou até mesmo usar o valor da venda para um investimento próprio.

Por qualquer que seja o motivo, é importante garantir que esse espaço esteja apto a chamar atenção de possíveis compradores, e pintar as paredes pode ser uma forma de dar uma nova roupagem ao imóvel, facilitando dessa forma a compra desse espaço.

3 – Renovar sua decoração

E nem é preciso existir um motivo econômico por trás desse processo de pintura. Uma simples renovação do ambiente pode ser o suficiente para justificar a decisão de escolher por novas cores a darem um tom inovador e diferente para sua casa.

Além da pintura em si, é importante saber como cuidar da limpeza dessas paredes, de forma a conservar pelo maior tempo possível a qualidade da pintura deste imóvel. Até porque as tintas não estão ficando baratas no mercado, para trocar com frequência.

Seja para a sua residência própria ou para um ambiente a ser compartilhado por várias pessoas, como um prédio. É importante saber como cuidar da manutenção desses espaços, de forma autônoma ou com a terceirização de limpeza para condomínio.

Como limpar e manter a conservação de suas paredes

É recomendado deixar a pintura do imóvel como uma das últimas etapas do processo de edificação de um espaço, de forma a impedir que a poeira e outros resíduos da obra possam prejudicar essas pinturas com manchas e sujeiras.

Sendo assim, é importante saber como cuidar da limpeza desse local, incluindo nesse caso, saber o momento exato de quando começar esse processo de manutenção.

Quando posso começar a limpar a parede?

Após o processo de pintura é preciso esperar a tinta secar para trabalhar na organização dos móveis, entre outros objetos a serem posicionados nesse espaço. O procedimento de limpeza desse local também deve seguir um cronograma especial.

É recomendável, nesse caso, esperar um mínimo de 30 dias, para impedir que a aplicação de possíveis materiais químicos possam prejudicar a qualidade dessa pintura. Uma dica a ser seguida também por profissionais de terceirização de portaria e limpeza.

Como evitar arranhões em minha pintura?

É comum com o tempo que surjam aqueles pequenos, mas perceptíveis arranhões na sua parede. E muitos deles podem ser resultado do próprio processo de limpeza, ao usar uma vassoura para tirar as teias de aranha do teto, por exemplo.

Para evitar isso é recomendável enrolar um pano seco em sua vassoura, para que as cerdas não danifiquem essa pintura.

Como resolver problemas na sua parede?

Com o passar do tempo é comum que os mais diversos tipos de adversidades possam prejudicar a qualidade da pintura de sua parede. E nem é preciso citar problemas mais graves, como mofo ou vazamento, já que questões mais simples podem surgir como:

  • Manchas;
  • Marcas de caneta;
  • Respingos de gordura;
  • Fricção dos móveis.

Para resolver esses problemas é possível recorrer a produtos químicos, mas também a soluções caseiras, como uma à base de água e detergente, bicarbonato de sódio ou vinagre, sendo possível aplicá-la através de uma leve esponja.

Posso usar qualquer produto em minha casa?

Assim como é recomendável começar com leves aplicações, antes de usar um novo produto para a pele, é importante fazer algo semelhante na aplicação de um produto químico na sua parede, para se certificar sobre a reação dele com a tinta da sua parede.

É recomendável testar o produto em locais escondidos, como atrás dos móveis, onde possíveis manchas são fáceis de se esconder. Uma questão a ser vista com atenção junto ao seu fornecedor de produtos de limpeza, no caso de condomínios e espaços afins.

Por onde devo começar a limpeza?

Quando se pensa na aplicação de um produto, ou simples passar de um pano molhado, é aconselhável trabalhar com movimentos que começam pelo alto, descendo até as extremidades do chão.

Esse movimento não só conta com  ajuda da gravidade, a fazer com que o produto escorra pela parede, mas também ajuda a evitar a presença de pingos na parte da parede que foi inicialmente limpa.

É necessário repintar?

A limpeza constante das suas paredes pode impedir a presença de sujeira, contudo, isso pode também desgastar a pintura do imóvel, fazendo com que o ato de passar uma nova mão de tinta possa ser necessário de tempos em tempos.

Principalmente em locais de muita circulação, sendo indicado pesquisar tinta epóxi preço para garantir a compra com frequência, a garantir a qualidade do piso, diante do desgaste diário com o passar dos carros em um estacionamento, por exemplo.

Essas são apenas algumas formas de garantir a qualidade das paredes do seu imóvel, assim como a sua pintura, tornando esse espaço o mais confortável e chamativo possível, a depender das suas intenções para esse imóvel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-