O que é sucessão familiar? Entenda agora e saiba como fazer!

4 minutos para ler

Você sabe o que é sucessão familiar? Trata-se da transferência de bens móveis e imóveis, negócios e investimentos para as gerações seguintes. No Brasil, as empresas familiares representam aproximadamente 90% do total de companhias no país e apenas 30% continuam com os herdeiros. Isso ocorre principalmente pela falta de um planejamento sucessório.

Assim, o ideal é planejar a sucessão com antecedência e não apenas depois que o atual gestor ou proprietário se ausentar. Por ser um assunto tão importante, elaboramos este post para que você entenda melhor a relevância da sucessão familiar e como ela deve ser feita para obter sucesso. Acompanhe!

Por que fazer um planejamento de sucessão familiar?

Um negócio familiar — comércio, agronegócio de qualquer porte ou, até mesmo, a compra, venda e locação de imóveis — é transmitido hereditariamente. A maioria das pessoas não gosta de pensar nem falar sobre a morte ou invalidez de quem administra os bens da família.

Quando isso ocorre, pode haver uma série de desavenças e conflitos de interesses sobre a herança. Além disso, muitos pais estão tão ocupados administrando o patrimônio que acabam se esquecendo de preparar os filhos para recebê-lo como um negócio que deve continuar rendendo e não apenas como uma herança.

Então, as contendas entre familiares, a discordância sobre o destino dos bens e o despreparo dos herdeiros são as principais causas da descontinuidade de um patrimônio que foi conquistado com muito esforço.

Ao elaborar um planejamento sucessório é possível se antecipar a esses problemas e garantir que os negócios da família continuem rendendo.

Como fazer a sucessão de forma eficaz?

O preparo e a comunicação são as chaves para vencer os obstáculos comentados e diminuir significativamente as chances de ter problemas. A seguir, veja o que fazer para que a transmissão dos bens seja feita da melhor forma, garantindo a preservação do patrimônio.

Faça um levantamento dos bens

O primeiro passo do plano de sucessão é fazer um levantamento do que você possui. Por exemplo, se tem um agronegócio, liste os terrenos, o maquinário, os fornecedores, a área cultivada e todas as outras informações pertinentes. No caso de investimento em imóveis, especifique cada um deles, suas documentações, receita recebida, entre outros dados relevantes.

Escolha o sucessor

Essa é uma decisão extremamente importante. Se houver mais de um herdeiro, delegue funções para cada um. Nesse momento, deixe a emoção de lado e faça suas escolhas com base nas aptidões de cada um.

Nem sempre os herdeiros têm vocação ou interesse em assumir os negócios, ou investimentos, mas é fundamental que tenham consciência de que um dia serão sua responsabilidade e, para isso, terão que se preparar, o que leva tempo.

Conceda responsabilidades antes da sucessão definitiva

Esse passo é essencial para que o sucessor consiga ficar por dentro do negócio e realizar algumas atividades sob a supervisão do gestor. Além disso, permitirá que o proprietário analise se ele está realmente apto a administrar da maneira esperada o patrimônio da família.

Com o passar do tempo, atribua outras tarefas. Assim, evitará que o sucessor assuma os negócios sem nenhum tipo de preparo e conhecimento.

Considere os limites legais

Vale ressaltar que, por se tratar de bens, haverá a partilha de acordo com a legislação, que determina quais são os herdeiros naturais e a parte que cabe a cada um. Se houver cônjuge, ele geralmente receberá metade do patrimônio, de acordo com o regime patrimonial do casamento. A outra parte será dividida entre os filhos.

Caso a intenção seja fazer um testamento, a pessoa só poderá dispor de uma parcela do patrimônio. A outra parte deverá ser partilhada entre os herdeiros naturais. Por isso, o ideal é procurar ajuda de um profissional capacitado, que ajudará você a fazer tudo da maneira correta e legítima para salvaguardar o patrimônio.

Agora que você já sabe o que é sucessão familiar, fica mais fácil planejá-la com antecedência e, assim, resguardar seus recursos, tendo a certeza de que eles serão bem administrados e que o seu legado estará em boas mãos.

Quer saber mais sobre sucessão familiar? Então não deixe de ler outro artigo para entender como ensinar os filhos a administrar o patrimônio.

contato whatsPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Open chat