4 dicas para alugar o primeiro imóvel sem erros

alugar o primeiro imóvel
3 minutos para ler

Escolher o lugar para viver é sempre um momento notável na vida de alguém, mas essa mudança também implica algumas atitudes estratégicas para minimizar os riscos de ter uma bela dor de cabeça no futuro. Dentro desse contexto, é importante conhecer algumas dicas para alugar o primeiro imóvel sem erros.

O mercado imobiliário é repleto de possibilidades, e pôr foco na alternativa certa é fundamental para que você tenha o estilo de vida que sempre quis, sem que precise estourar seu orçamento todos os meses. Diante dessa temática, confira o conteúdo que preparamos a seguir e descubra como fazer isso do jeito certo!

1. Comece com uma boa vistoria

O primeiro passo para alugar o primeiro imóvel sem erros é fazer uma vistoria minuciosa na propriedade. Essa etapa é essencial não apenas para garantir que a unidade possui condições adequadas para ser uma habitação, mas também para determinar o que é de sua responsabilidade em termos de reparo na hora de finalizar o contrato.

Nesse momento, o auxílio de um corretor ou de uma imobiliária pode ser bem-vindo, já que eles têm experiência no assunto. No entanto, se você for fazer isso por conta própria, procure tirar fotos detalhadas e datadas de cômodos, paredes, teto, armários e eletrodomésticos, se for o caso.

2. Combine sobre o pagamento das taxas

O passo seguinte é combinar quem vai pagar os gastos relativos ao imóvel durante o período de locação. Embora existam algumas práticas que sejam mais comuns no mercado, nada impede que você e o proprietário cheguem a um acordo que seja vantajoso para os dois lados envolvidos na negociação.

O IPTU, por exemplo, costuma ser pago pelo dono, mas você pode combinar um abatimento no aluguel se arcar com essa despesa, caso ambos julguem melhor. Já a taxa de condomínio costuma ser obrigação do locatário. Cotas extras, muito comuns em edifícios, geralmente estão sob a responsabilidade do senhorio.

3. Faça um contrato adequado

Embora muita gente não dê o devido valor a essa parte, o fato é que um bom contrato de aluguel é simplesmente indispensável para evitar problemas. É essencial detalhar ao máximo tudo o que for acordado, para que tanto você quanto o proprietário possam ficar tranquilos com a negociação.

É preciso estipular, por exemplo, o tempo de duração, que costuma variar entre dois ou três anos. Também é fundamental anotar o valor da locação, o dia da cobrança, as observações da vistoria, as eventuais multas pela rescisão e o que ficou combinado sobre o pagamento de despesas extraordinárias.

4. Não tenha pressa

Por fim, se você deseja alugar o primeiro imóvel sem erros, é imprescindível não ter pressa, pois isso pode precipitar uma escolha errada que atrapalhará sua vida por um bom tempo. Como o mercado é repleto de opções, o ideal é que você tome o tempo necessário para decidir com calma e sabedoria.

Analise e visite tantas propriedades quanto puder e anote os pontos positivos e negativos de cada uma. Avalie também com atenção o seu orçamento, de forma que o preço de locação da sua futura casa ou apartamento caiba efetivamente no seu bolso.

E agora, pronto para alugar o primeiro imóvel sem erros? Se você gostou do conteúdo, siga nossas redes sociais — Facebook, Linkedin, Twitter e Youtube — e fique por dentro de assuntos relevantes sobre imóveis!

 

Imóveis residenciais para alugar em Toledo

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-