5 dicas para negociar o reajuste do aluguel com o locador

negociar o reajuste do aluguel
4 minutos para ler

Quem mora de aluguel tem que conviver com uma realidade complicada, que é negociar o reajuste do aluguel ou renovação do contrato. Embora possa ser uma cláusula do contrato, muitas vezes, aquele aumento do valor do aluguel fica um pouco acima seu orçamento mensal.

Nessas horas, você pode sentar e conversar com o locador para negociar o aumento do aluguel. Acha isso difícil? Então, veja alguns argumentos que você pode utilizar para conseguir uma redução no valor da locação do seu imóvel.

1. Articule sobre a queda no valor do aluguel

Uma pesquisa divulgada pela Revista Exame, em abril deste ano, apontou que o preço dos aluguéis caiu 6,76% em 12 meses. A pesquisa foi realizada em 15 cidades brasileiras pelo instituto Índice FipeZap de Locação. 

É claro que as realidades podem mudar de acordo com a cidade que você mora, mas com essas informações em mãos, você tem bons argumentos na hora de negociar o aumento do aluguel com o proprietário do imóvel ou com a imobiliária.

2. Fale sobre a disponibilidade de imóveis para alugar

Com a crise, veio o desemprego e isso causou um boom de imóveis vazios nas cidades. E nem precisa recorrer a pesquisas, basta somente observar, perto da sua casa ou na internet, a quantidade de anúncios de imóveis para locação

E como a oferta está maior que a demanda, você tem todo poder de negociação nas mão. Pergunte ao locador se ele prefere o imóvel vazio, pois, com tantos disponíveis, ele terá dificuldade em encontrar um inquilino, principalmente se aumentar o aluguel.

3. Exalte suas qualidades como inquilino

Encontrar bons inquilinos não é fácil, pois nem todos têm o devido cuidado com os bens de terceiros. Por isso, na hora de negociar o aumento do aluguel, você deve exaltar suas qualidades. Se você cuida bem da casa que mora e paga a locação em dia, pode usar isso como argumento.

Diga a ele que é melhor ter um bom inquilino por um valor mais baixo do que um que dá problemas, certo?

4. Converse sobre o bom relacionamento entre ambas as partes

O bom relacionamento entre locador e locatário também é bom para os negócios. Portanto, se vocês dois mantêm uma boa relação, você também pode usar isso como argumento. 

Mesmo que a relação de vocês seja somente comercial, é sempre bom que ambas as partes se deem bem, pois assim fica mais fácil resolver possíveis problemas relacionados ao imóvel alugado.

5. Argumente que é melhor ter menos dinheiro para receber do que nenhum

Quando você for negociar o aumento do aluguel, pode argumentar com o proprietário que, se ele ficar com o imóvel vazio, não terá dinheiro para receber. E nesse caso, o que seria melhor: receber um pouco menos todo mês ou ficar meses sem receber nada?

Imóveis dão despesas, como IPTU e condomínio, e se ficarem vazios muito tempo, só trarão prejuízos. As perdas ainda são maiores para pessoas que vivem da renda dos aluguéis. Lembre a ele que, enquanto você estiver morando lá, ele está livre dessas contas e ainda vai ter o dinheiro da locação todo mês.

Viu como não é tão difícil negociar o aumento do aluguel? Basta usar bons argumentos, mostrando ao locador que você conhece a realidade do mercado imobiliário. Assim, vocês chegam a um acordo que seja bom para ambas as partes.

Você está procurando imóveis para alugar em Toledo? Então, entre em contato conosco que temos excelentes opções para você!

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-