Como evitar a proliferação de insetos e pragas em um imóvel?

8 minutos para ler

A segurança pública e sanitária são garantias de qualidade de vida. Um ambiente em que visivelmente há uma proliferação de pragas e insetos, pode representar um risco à saúde e, consequentemente, ocasionar diferentes tipos de doenças.

Esses seres estão por toda parte na rotina urbana e só porque você não os vê, não significa necessariamente que seu imóvel está a salvo. Então, é importante que se tenha alguns cuidados específicos para evitar maiores riscos para você e sua família.

Quando se trata de pragas e insetos, é comum as pessoas sentirem repulsa ao se depararem com esses seres. Entretanto, sempre que possível, evite entrar em contato direto com eles, prezando principalmente pelo seu bem-estar.

Talvez o mal mais divulgado pelas mídias sobre o assunto seja a dengue, que já se mostrou extremamente letal no Brasil. Porém, definitivamente, a dengue não é a única doença que pragas e insetos podem transmitir. 

Entre as mais comuns estão:

  • Leptospirose (ratos); 
  • Gastroenterite (barata); 
  • Amebíase (formigas);
  • Febre Tifóide (moscas);
  • Peste Bubônica (roedores).

Mudanças de hábitos são necessárias para que seu lar esteja seguro. Confira a seguir as dicas sobre como se proteger e evitar a proliferação desses seres.

Mantenha sua casa limpa

Um ambiente sujo é muito convidativo para pragas e insetos. Evite deixar restos de alimentos pela casa, porque isso gera uma concentração de orgânicos que é praticamente um aperitivo para essas criaturas

Mesmo que nem sempre de forma visível, seu jardim possui uma grande diversidade de insetos. O problema é que nem todas espécies presentes são bem-vindas.

Organize seu jardim, não deixe o mato crescer e, se possível, realize corte e poda de árvores periodicamente. Além de uma questão estética para o ambiente, esse tipo de cuidado impede que pragas e insetos indesejados se concentrem naquele espaço.

Lembre-se de sempre tampar o seu lixo antes de fazer algum descarte. Além de trazer um cheiro indesejável para o ambiente, manter o lixo aberto é um imã de insetos e até mesmo de algumas pragas.

Se for o caso da sua residência, solicite regularmente uma limpeza de fossa, porque os odores atraem esses visitantes maléficos. Limpeza de ralo também precisa ser uma constante para evitar acúmulo residual.

A cozinha, por ser um lugar por onde passam muitos alimentos, precisa receber uma atenção especial. Sempre que possível, limpe os locais que podem ter sujeira, em especial, microondas, geladeira e afins.

Algo que dá uma segurança maior para o seu lar, é a utilização de cloro para limpeza, isso porque esse produto possui uma ação desinfetante e é muito eficaz no que se diz respeito ao combate à proliferação desses seres.

Produtos fortes como cloro, também conhecido como água sanitária, precisam de certo cuidado na utilização. Ao usar, não deixe entrar em contato com a pele e com partes sensíveis do seu corpo.

Atente-se à água e esgoto

Existe uma relação muito clara entre saneamento básico e a proliferação de pragas e insetos. Isso porque, por ser de responsabilidade pública, nem todos tem acesso à água tratada e tratamento de esgoto.

Evidentemente, pragas urbanas são muito mais encontradas em regiões que sofrem por essa calamidade com relação ao saneamento básico. Mas, mesmo assim, existem algumas coisas que podem ser feitas para evitar ser infectado por esses seres.

Um cuidado especial com a lavagem de caixa d água preço, por exemplo, pode evitar que haja consumo de água contaminada por pragas diversas. Desse modo, lave sua caixa d’água com regularidade e certifique que ela esteja devidamente fechada.

A água de sua casa é utilizada para consumo, banho e possui outras várias utilidades. É de suma importância saber se ela está com qualidade. Existem empresas que fazem análise bacteriológica da água, que ajuda e muito na prevenção de doenças.

Identifique o problema

Um dos problemas mais comuns quando se trata do combate às pragas e insetos, é a não identificação de quais em específico assolam sua residência. Portanto, veja a seguir como agir em relação a alguns dos seres mais encontrados em áreas urbanas:

Barata

Há quem pense que a barata só é um problema quando ela resolve voar. Nada disso, esses seres que podem passar dias escondidos em qualquer lugar de sua casa, podem causar doenças quando entram em contato direto com uma pessoa.

É um ser que vive em esgoto, portanto carregam em si bactérias e fungos que fazem muito mal para saúde humana. Além disso, suas patas, asas e antenas, podem ocasionar vários tipos de reação alérgica em quem as toca.

Manter a sua casa limpa, em especial a cozinha e o banheiro, é uma das formas de evitar a proliferação de baratas. É possível a utilização de inseticidas em casos mais evidentes, pois impede que você entre em contato direto com esse ser.

Se o problema persistir e você perceber um aumento gradativo no número de baratas em suas casas, talvez seja o caso de contratar um serviço especializado para evitar maiores problemas.

Formigas

As formigas não passam tanta repulsa quanto a barata, mas não é por causa disso que esses pequenos seres não podem fazer mal, muito pelo contrário, o controle de formigas é essencial para que você e sua família previnam doenças.

Tal como a barata, formigas podem carregar em si diversos tipos de bactérias e, por serem tão subestimadas, acabam apresentando enorme risco à saúde com infecções causadas por parasitas.

Evite deixar restos de alimentos jogados pela casa, isso faz com que as formigas se aglomerem naquele lugar. Identifique os rastros ou caminho que elas fazem e limpe o local com álcool.

Um inseticida não tem tanta utilidade aqui, no máximo fará com que elas se dispersem. Existem produtos específicos no mercado que inibem a proliferação e circulação das mesmas em sua casa.

Ratos

Esse roedor pode causar danos severos à saúde de diferentes formas: saliva, fezes, urina e etc. Se deparar com um rato é motivo de medo para muitas pessoas com razão, eles são pragas que precisam ser combatidas.

A leptospirose é só uma das várias doenças que esses seres podem transmitir. É necessária uma atenção especial em sua residência para evitar que essas criaturas circulem, ou até mesmo se reproduzam no seu lar.

Cuidado para não entrar em contato com a água contaminada com urina de ratos. Em caso de problemas persistentes de entupimento de ralos e esgotos, talvez seja interessante entrar em contato com empresas que forneçam serviços de desentupimento.

A utilização de telas em ralos também pode ajudar, pois dificultaria o alojamento de ratos naquele local. Preste atenção sempre que escutar algum barulho atípico principalmente em lugares onde se armazenam alimentos.

Embora sejam métodos antigos, ratoeiras e colas ainda são eficazes para se eliminar esses seres. Outra opção são os raticidas que, além de impedirem a infestação de ratos, são fáceis de se encontrar em mercados e lojas de utilidades.

Moscas

Onde há fezes, há moscas. Inevitavelmente, dá para se esperar que esses seres voadores não podem estar pousando em alimentos, tampouco em você. Por serem rápidas, as moscas podem passar por vários lugares durante um mesmo dia.

Sempre que se alimentar, verifique se não há uma mosca rondando você. Isso porque o cheiro da comida, assim como outros cheiros fortes, atrai esse tipo de inseto. O perigo está em ingerir algo contaminado por moscas e em entrar em contato com elas.

Desde doenças intestinais, até doenças de vermes, os males que esse bichinho tão comum no dia-a-dia pode causar são sem precedentes. O importante é agir da maneira correta para evitar maiores complicações.

É interessante que frutas e outros alimentos sejam bem armazenados. Entretanto, mesmo que expostos, numa fruteira por exemplo, verifique sempre se não estão estragando, pois isso pode atrair moscas para o local.

Os inseticidas podem ser utilizados em alguns casos, entretanto, um resultado satisfatório é atentando-se com uma boa e regular higienização dos ambientes.

Essas criaturas citadas anteriormente não são nem de longe todas que podem ser encontradas em uma casa. Caso se depare com alguma outra, pesquise a respeito sobre a mesma e tome as precauções específicas.

Esteja sempre em alerta

Justamente por existir uma variedade enorme de pragas e insetos, que a atenção precisa ser redobrada. Geralmente, existem serviços de controle de pragas em condomínios, tal como em alguns conjuntos habitacionais.

Se perceberem que há uma certa recorrência, verifique se você tem acesso a esses tipos de serviços e previna-se como puder.

Sendo um bom observador e tomando as precauções possíveis, seu lar não dará espaço para que esses seres façam proliferação. Mantenha-se sempre vigilante com relação a eles, porque isso certamente garante a sua saúde e da sua família.  

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-