Como funciona a permuta de imóveis? A gente explica!

permuta de imóveis
3 minutos para ler

Comprar um imóvel é um grande investimento financeiro. Por isso, é natural que as pessoas queiram saber todas as possibilidades que têm na hora de juntar dinheiro para essa compra. Uma dessas alternativas é a permuta de imóveis.

Essa modalidade de compra pode facilitar muito a aquisição de uma casa ou  apartamento. No entanto, assim como em outras formas de aquisição, como um financiamento, por exemplo, alguns cuidados precisam ser tomados.

Se você ficou curioso sobre a permuta de imóveis, basta ler este artigo para entender o assunto!

Como funciona a permuta de imóveis

Com a permuta de imóveis, o proprietário de uma casa, apartamento ou terreno pode dar a sua propriedade como forma de pagamento por outro imóvel que seja do seu interesse.

Caso a troca contemple propriedades de valores iguais, a permuta será usada como pagamento integral. Caso isso não ocorra, devido ao valor do bem do comprador, ele poderá complementar o pagamento de outra forma.

Caso a quitação da compra se dê exclusivamente pela permuta de imóveis, ela ficará isenta de Imposto de Renda (IR). Para isso, a permuta deve ser objeto de escritura pública.

Vamos agora entender alguns cuidados na hora de fazer esse tipo de negócio?

Supervalorização dos imóveis

Ambas as partes devem ficar atentas a essa prática. Nesses casos, um dos interessados infla o valor de sua propriedade para diminuir o valor de torna ou conquistar isenção de IR.

Para evitar esse prejuízo, é importante contar com o apoio de uma imobiliária na hora de comprar ou vender um imóvel. Essas empresas têm estudos atualizados sobre os valores de mercado dos imóveis de suas cidades.

Problemas de documentação

Trata-se de situação semelhante à compra feita apenas com o contrato de compra e venda. Na prática, as duas partes ficam reféns da palavra dita na negociação.

Nesse caso, um dos negociantes pode permutar um imóvel que está em inventário, por exemplo. Após feita a compra, o novo proprietário pode perder a propriedade em uma ação judicial.

Novamente, o apoio de um profissional imobiliário se faz necessário para verificar os documentos apresentados, identificando possíveis irregularidades.

Liquidez do negócio

Para quem vende, é importante avaliar o peso da liquidez da permuta de imóveis. Normalmente, esse tipo de venda tem como objetivo levantar capital. Contudo, imóveis possuem baixa liquidez. Isso significa que aderir a uma permuta pode prolongar a entrada de dinheiro na conta de quem está vendendo uma propriedade.

A permuta pode ser uma saída interessante para quem quer trocar de imóvel, mas pode não ser a melhor escolha para quem precisa de dinheiro.

Como vimos neste artigo, a permuta de imóveis é mais uma possibilidade para aproximá-lo do investimento no mercado imobiliário. Todavia, assim como em qualquer outro tipo de investimento, a presença de um especialista pode ser a diferença entre o sucesso ou o fracasso da negociação.

Por esse motivo, caso você ainda tenha alguma dúvida sobre permuta de imóveis, não deixe de entrar em contato conosco. A Imobiliária Panorama está no mercado há mais de 30 anos e nossa equipe ficará contente em ajudá-lo.

contato whats
Você também pode gostar

Um comentário em “Como funciona a permuta de imóveis? A gente explica!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-