Comprou um imóvel e vai reformar? Confira 5 dicas para planejar e evitar problemas futuros

4 minutos para ler

Acabou de comprar um imóvel novo e tem planos de iniciar uma reforma, mas está inseguro para começá-la? Teme que suas ideias não deem certo e que o projeto traga dores de cabeça no futuro?

Saiba que o receio tem fundamento, afinal, reformas mal planejadas ou executadas podem mesmo gerar grandes transtornos. Muitos proprietários acabam tendo de encarar uma nova obra para consertar o que não foi feito adequadamente.

Para te ajudar a evitar esses problemas, apresentamos abaixo uma lista de cuidados e detalhes que você deve se atentar antes de começar sua reforma. Confira!

1. Pesquise muito

Em qualquer obra, o planejamento é parte fundamental do processo. Somente assim para garantir que o projeto, quando aplicado na prática, seja bem-sucedido.

Por isso, não tenha preguiça de pesquisar bastante, entender sobre coisas que talvez não sejam rotineiras para você. Por exemplo, caso a reforma prevê quebrar e construir parede, antes de comprar materiais e fazer a pesquisa de preços, busque saber quantos blocos por metros quadrados serão necessários. Desta forma você terá mais precisão para calcular o seu orçamento. Além disso, pesquise sobre preço e histórico da mão de obra que vai contratar. Defina seu orçamento e estabeleça um cronograma de trabalho.

Não esqueça de fazer o planejamento pensando também nas suas necessidades futuras. Se você tem planos de aumentar a família, por exemplo, avalie se precisará de mais cômodos na casa e inclua essa variável no planejamento.

Evite ter de fazer modificações tardias porque as ideias iniciais não foram bem pensadas.

2. Faça drenagem e impermeabilização

Preparar bem o terreno e proteger a estrutura de construção são etapas da obra muitas vezes esquecidas, mas fundamentais para garantir a boa manutenção do imóvel no futuro. Como consequência, o imóvel pode ter problemas com infiltrações, umidade e mofo.

A dica aqui é, já que está com as ‘mãos na massa’, verifique se o imóvel precisa de algum tipo de drenagem ou impermeabilização. Consulte profissionais especializados para garantir o que será realmente necessário fazer.

Imagem de Nolan Issac por Unsplash

3. Lembre-se da iluminação

Um erro muito comum em construções e reformas em geral é ignorar a importância da iluminação nas peças. Isso só costuma ser notado depois que a obra já está pronta e quando é tarde para modificá-la.

Portanto, quando imaginar um ambiente remodelado, leve em consideração a posição do imóvel em relação ao sol e os locais onde as aberturas serão instaladas.

Se bem posicionadas, janelas e portas vão ajudar a iluminar o ambiente, melhorar o bem-estar de sua família e até mesmo gerar economia de energia.

4. Calcule os degraus da escada

Se o seu projeto de reforma inclui a construção de um novo piso, consulte um especialista para avaliar a estrutura da casa e planejar o acesso ao segundo andar.

Muita gente não dá a atenção devida ao planejamento da escada e ela acaba ficando pouco confortável ou funcional.

Lembre-se que os degraus devem ter espaço suficiente para caber um pé de adulto e a altura entre eles deve ser sempre igual.

Imagem de Ekkapop Sittiwantana por Pixabay

5. Por fim, não ignore os problemas

Quando você derruba paredes ou abre um pavimento, há uma boa chance de encontrar algo que não esperava, especialmente em uma casa mais antiga.

Tenha em mente que problemas elétricos e hidráulicos precisam ser resolvidos antes de fechar as paredes – caso contrário, eles certamente vão causar dor de cabeça e estresse no futuro.

É claro que isso deve gerar um custo inesperado ao orçamento da reforma, mas você certamente economizará mais dinheiro a longo prazo.

LEIA TAMBÉM GUIA DE PREÇOS DE OBRAS E REFORMAS

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Open chat