Financiamento ou consórcio: qual é a melhor opção?

financiamento ou consórcio
4 minutos para ler

Se você anda na dúvida entre financiamento ou consórcio quando o assunto é comprar um imóvel, saiba que você não é o único nessa situação. Um dos maiores sonhos de consumo dos brasileiros é adquirir sua casa própria e, para isso, é necessário ter consciência sobre as melhores formas de realizar tal objetivo.

Para entender melhor a diferença entre financiamento e consórcio e quais as vantagens e desvantagens de cada um, continue lendo este post. Ao final, verá que terá condições de escolher melhor entre um e outro. Confira!

Como funciona o consórcio?

O consórcio é uma forma de reserva de fundos coletiva na qual cada associado paga a sua parcela, tendo direito a participar de um sorteio que contempla um dos consorciados com uma carta de crédito.

Essa carta de crédito permite que o associado tome posse do imóvel pelo qual está gerando fundos para adquirir formalmente no futuro, e uma das formas de acelerar a aquisição desse documento é dando lances mais altos no consórcio.

Isso não garante que a pessoa colocará as mãos no imóvel mais rápido, mas aumenta as chances no sorteio.

Como funciona o financiamento?

O financiamento é um empréstimo que um banco, ou qualquer instituição financeira autorizada, faz a você para que o imóvel seja pago à vista e, então, você já possa morar nele enquanto paga por essa dívida.

Em regra geral, exige-se que o comprador dê um valor de entrada de 10% do preço total do imóvel e, a partir daí, parcele o restante. Se você não puder pagar mais que esse mínimo, é provável que fique pagando parcelas por um longo tempo e acumulando juros, pois essa é a forma do banco obter retorno com tal empréstimo.

Quais as principais vantagens do consórcio?

O consórcio tem sido uma opção muito buscada por pessoas que não têm pressa em adquirir o imóvel e preferem pagar por parcelas menores até receberem a carta de crédito. Além disso, o consórcio não tem os mesmo juros dos bancos, que são substituídos pela taxa de administração pelos serviços prestados na gestão dos montantes pagos pelos associados.

Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), o valor da taxa da administração, se comparado aos juros dos bancos, ficou até 12% mais baixo do que é pago às grandes instituições de financiamento. Essa certamente se configura como uma das principais vantagens do consórcio.

É possível também, caso você tenha dinheiro para isso, comprar a cota de consorciados desistentes e adiantar o acesso à sua carta de crédito. Além dos lances, é claro, que você pode fazer para acelerar o processo, conforme dito.

Quais as principais vantagens do financiamento?

Mesmo que possa sair caro em longo prazo por conta dos juros a serem acumulados durante os anos, o financiamento também tem suas vantagens quando o assunto é compra de imóvel. Abaixo, apontamos algumas delas:

  • você pode ir morar no imóvel imediatamente, não precisa esperar por nenhuma carta de crédito ou algo que o valha;
  • o preço do imóvel não sofrerá alterações, pois já estará pago pelo banco;
  • com o valor fixo do imóvel a ser pago, mesmo com os juros, você pode obter um imóvel valorizado ao final, que compense os acúmulos

Como pôde ver, ambas as opções têm suas vantagens. Tudo vai depender muito do seu sentido de urgência e suas condições financeiras. Pense que comprar à vista será sempre mais benéfico por conta das condições de negociação extremamente favoráveis que isso cria. Todavia, se esse não for o caso, veja bem antes de se decidir por qual forma de compra parcelada optará.

Se gostou de saber qual a melhor opção entre financiamento ou consórcio na compra de um imóvel, não deixe de ler o nosso artigo sobre qual o papel da imobiliária na aquisição de uma propriedade.

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-