Imóvel novo ou usado: qual deles é o melhor para investir?

imóvel novo ou usado
4 minutos para ler

Escolher um imóvel é uma tarefa que pode parecer fácil, mas precisa ser pensada com calma e cautela. São diversos os detalhes que precisam ser levados em consideração. Afinal, o local de moradia precisa estar de acordo com as necessidades da família.

Para os que investem em imóveis, realizar a melhor escolha pode significar aumentos consideráveis nos lucros.

E na hora da decisão, uma das principais dúvidas é se o melhor negócio é comprar um imóvel novo ou usado. Como ambos têm vantagens e desvantagens, é preciso estar atento.

Para ajudar você, selecionamos os pontos mais importantes para fazer essa escolha. Confira!

Considere sobre os vários investimentos 

O investimento para cada tipo de imóvel é distinto: afinal, estamos falando de habitações diferentes.

Em geral, os imóveis usados possuem valor mais acessível, porque são mais antigos e, muitas vezes, sem muitos intermediários. Além disso, o preço do metro quadrado construído costuma ser menor porque as plantas antigas eram, via de regra, maiores.

Já os imóveis mais novos, principalmente os comprados em planta, têm um preço mais elevado, por conta de nunca terem sido habitados. Em caso de compra na planta, ainda existe outro risco: o de não receber o imóvel. Por isso, fique atento! São muitas as histórias de imóveis que não são entregues no prazo correto, e isso pode causar uma dor de cabeça imensa.

Escolha uma boa localização

Esse é um ponto importantíssimo no momento de escolher um imóvel. Normalmente, imóveis mais antigos ficam localizados em áreas já valorizadas, como bairros tradicionalmente residenciais. Ao pensar nos preços vantajosos, o custo-benefício pode ser interessante.

Por outro lado, imóveis novos podem estar em áreas que se valorizarão com o tempo. Assim, essa pode também ser uma boa aposta, dependendo do valor da unidade.

Para tomar uma decisão, o importante é entender quais são as necessidades de sua família e quais as facilidades de locomoção e infraestrutura que a localidade oferece.

Informe-se sobre reformas e reparos

Esse é um ponto importante que você precisa estar ciente caso opte por um imóvel usado. Dependendo do estado do local, talvez seja necessário realizar melhorias no espaço.

Portanto, é preciso avaliar bem o imóvel à disposição e calcular quanto você desembolsaria com os possíveis gastos. 

Nesses casos, um imóvel novo pode ser uma grande vantagem. Mas antes de decidir, calcule bem. Esse é o melhor caminho.

Avalie a compra real

Uma das principais diferenças entre um imóvel usado e um na planta, por exemplo, é poder ver a habitação.

Parece óbvio, mas essa é realmente uma característica importante. Ao comprar um imóvel na planta, você o adquire com base em um desenho ou uma simulação. Então, você precisará confiar que a execução será fiel ao projeto. Isso é um risco.

Já o imóvel usado pode ser visitado e avaliado com mais precisão. Assim, você pode ter uma garantia do que realmente está comprando.

Como você viu, seja o imóvel novo ou usado, há vantagens e desvantagens que devem ser consideradas na hora da escolha. Para realizar a melhor compra, é preciso analisar todas as características citadas acima e alinhá-las com as suas necessidades.

É sempre importante ter cautela e fazer cálculos e projeções, afinal, estamos falando de um investimento alto e que precisa trazer os retornos planejados.

Ainda está com dúvidas sobre investir em um imóvel novo ou usado, ou quer dar sugestões para outros leitores? Então, deixe um comentário neste post!

contato whats
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-